Search Icon
Marionet Logo
Menu Icon
Peça de Teatro

Incognito

Partilhar
test
TÍTULO
Incognito
AUTORES(AS)

Nick Payne

SINOPSE

Princeton, New Jersey. 1955. Thomas Stoltz Harvey faz a autópsia de Albert Einstein – e depois rouba-lhe o cérebro.

Bath, Inglaterra. 1953. Henry é submetido a uma intervenção neurocirúrgica pioneira. A operação muda a vida de Henry, e a história das neurociências.

Londres, Inglaterra. No Presente. Martha é uma neuropsicóloga clínica. Quando o casamento dela se desintegra ela começa a fazer escolhas radicalmente diferentes.

Três histórias interligadas que exploram a natureza da identidade e como somos definidos por aquilo de que nos lembramos, Incognito é uma exploração estimulante do que significa ser humano.

DISPONIBILIDADE
Disponível
ANO
2014
ISBN
978-0-571-31707-3
TIPOLOGIA
Peça de Teatro
EDITORA
978-0-571-31707-3
biografia

Nick Payne

Nick Payne é dramaturgo e argumentista, vencedor do prestigiado prémio George Devine em 2009 com a sua peça If There Is I Haven’t Found It Yet. Foi produzida no Bush Theatre em Outubro de 2009, encenada por Josie Rourke e com a interpretação de Rafe Spall. Em 2012 esteve no Roundabout Theatre, en Nova Iorque, com encenação de Michael Longhurst.

Nick Payne estudou na Central School of Speech and Drama e na Universidade de Nova Iorque, tendo-se estreado no Royal Court theatre em Setembro de 2010 com a sua comédia Wanderlust. Em Janeiro de 2012, a peça Constellations estreou no Royal Court Upstairs com Rafe Spall e Sally Hawkins e encenação de Michael Longhurst. Constellations foi transferida para o West End em Novembro de 2012.  Venceu o prémio para Melhor Peça do Evening Standard e foi nomeada para um prémio Olivier para Melhor Nova Peça. Em 2015 Constellations foi transferida para a Broadway com Jake Gyllenhaal e Ruth Wilson, e encenação de Michael Longhurst.

Nick Payne também escreve para cinema e televisão. A sua série de estreia Wanderlust contava com Toni Collette e Steven Mackintosh como Joy e Alan, um casal à procura de formas de salvar o casamento.Foi produzida pela Drama Republic e dirigida por Luke Snellin, tendo passado na BBC One no Reino Unido e na Netflix no resto do mundo.

Adaptou The Sense Of An Ending de Julian Barnes para a BBC Films, que saiu em 2017, com a interpretação de Jim Broadbent e a direcção de Ritesh Batra. Está neste momento a desenvolver projectos para filme e televisão no Reino Unidos e Estados Unidos.

Menu Icon