Search Icon
Marionet Logo
Menu Icon
Peça de Teatro

To the Stars

Partilhar
test
TÍTULO
To the Stars
AUTORES(AS)

Leonid Andreyev

SINOPSE

Este trabalho foi selecionado por académicos como sendo culturalmente importante e faz parte da base de conhecimento da civilização como a conhecemos. Este trabalho foi reproduzido a partir do artefacto original e permanece o mais fiel possível. Portanto, verá as referências originais de direitos de autor, selos de biblioteca (já que a maioria dessas obras foi armazenada em bibliotecas) e outras anotações na obra. Esta obra é de domínio público nos Estados Unidos da América América, e possivelmente outras nações. Nos Estados Unidos, este trabalho pode ser copiado e distribuído livremente, pois nenhuma entidade (individual ou corporativa) possui direitos de autor sobre o corpo do trabalho.

Como reprodução de um artefacto histórico, este trabalho pode conter páginas em falta ou borradas, fotos, marcas, etc.

DISPONIBILIDADE
Disponível
ANO
1921
ISBN
978-0-530-33547-6
TIPOLOGIA
Peça de Teatro
EDITORA
C. W. Daniel, LTD.
biografia

Leonid Andreyev

Leonid Andreyev (1871-1919), génio louco e revoltado, é um dos autores mais importantes da literatura russa do século XX, famoso por obras como Os Sete Enforcados (1904) e O Riso Vermelho (1908). Leitor voraz de Schopenhauer, Dostoiévski e Nietzsche, estudou Direito em São Petersburgo e Moscovo, e cedo se tornou prisioneiro do álcool e de tendências suicidas. Foi dramaturgo, fotógrafo e militante anticzarista, e laços de amizade o uniam a Gorki, com quem se desentendeu devido à publicação do conto As Trevas. Legou-nos a sensibilidade desenfreada de uma escrita que vai ao osso, uma obra magistral pautada pelo fatalismo e uma voz premonitória que ecoa na modernidade e nos seus condenados e algozes. Intitulava-se um apóstolo da autoaniquilação, versando como ninguém o caos do mundo e a loucura e as tragédias do seu semelhante. Encarava o terror bolchevique como um mal absoluto e exilou-se na Finlândia, onde morreu só e na penúria. A sua obra foi censurada pelas autoridades soviéticas até ao final dos anos 50.

Menu Icon