Search Icon
Marionet Logo
Menu Icon
Estudo

Performance and Evolution in the Age of Darwin – Out of the Natural Order

Partilhar
test
TÍTULO
Performance and Evolution in the Age of Darwin – Out of the Natural Order
AUTORES(AS)

Jane R. Goodall

SINOPSE

“Performance and Evolution in the Age of Darwin” revela as formas como os grandes temas da evolução foram utilizados pelas artes performativas durante a vida adulta de Darwin e na geração que sucedeu a sua morte.

O período de 1830 a 1900 foi o período formativo para as ideias evolucionistas. Enquanto cientistas e teóricos investigavam as leis e ordem naturais, o “show business” estava mais preocupado com o que estava fora da ordem natural. Elos perdidos e retrocessos, taxonomias aberrantes e raças exóticas eram as matérias predilectas do crescente movimento do teatro de variedades. Focando-se nas formas de teatro popular em Londres, Nova Iorque e Paris, Jane Goodall mostra como estes foram entre-tecidos com o debate que se desenvolvia em torno da evolução humana.

Com este livro, Goodall contribui com um novo e importante ângulo para os debates em torno da história da evolução. E revela como, longe de provocar o choque cultural generalizado, a teoria Darwinista fez uso de temas de longa data da performance popular e foi a origem de diversas, e por vezes hilariantes, explorações.

DISPONIBILIDADE
Disponível
ANO
2002
ISBN
978-0-415-24378-5
TIPOLOGIA
Estudo
EDITORA
Routledge
biografia

Jane R. Goodall, nascida em 1951 no Yorkshire, em Inglaterra, é investigadora na Writing and Society Research Centre da Western Sydney University, na Austrália. Estudou nas Universidades de Oxford e Londres e é actualmente Professora Emérita na Western Sydney University.

Tem escrito extensivamente sobre as artes na era moderna, com especial interesse na relação entre as artes e a ciência. Lecciona em programas de licenciatura e faz supervisão de projectos de investigação em àreas relevantes da história da arte, e realizou investigação histórica local em Parramatta Road. Entre as suas publicações académicas contam-se Artaud and the Gnostic Drama, Performance and Evolution in the Age of Darwin (vencedor do prémio Robert Jordan da Australasian Drama Studies Association, e disponível no CDAPC), e, com Christa Knellwolf, a colecção Frankenstein’s Science (Ashgate, 2008), que contextualiza a obra de Mary Shelley no debate científico e literário que lhe foi contemporâneo.

Jane R. Goodal é também autora da aclamada série de romances The Walker (2004), The Visitor(2005) e The Calling (2007). O seu livro sobre presença em palco (Stage Presence) foi publicado pela Routledge em Maio de 2008.

Menu Icon