Search Icon
Marionet Logo
Menu Icon
Peça de Teatro

Darwin in Malibu

Partilhar
test
TÍTULO
Darwin in Malibu
AUTORES(AS)

Crispin Whittell

SINOPSE

Malibu, California. Acreditando que todo o aquecido debate em torno de A Origem das Espécies ficou há muito para trás, Charles Darwin procura refúgio em horóscopos de tablóide e leituras manhosas de praia. Mas quando o seu velho amigo Thomas Huxley aparece com o Bispo de Oxford, ele dá por si emaranhado numa comédia de vida-ou-morte sobre deus e ciência, amor, perda e a vida sexual dos perceves.

Darwin in Malibu estreou no Birmingham Repertory Theatre em Maio de 2003.

DISPONIBILIDADE
Disponível
ANO
2003
ISBN
0-413-77364-7
TIPOLOGIA
Peça de Teatro
EDITORA
Methuen Publishing Ltd. (Collection: Methuen Drama)
biografia

Crispin Whittell, nascido a 19 de Dezembro de 1969 em Nairobi, no Quénia é encenador e dramaturgo britânico. Passou uma grande parte da sua infância em África, foi membro do National Youth Theatre of Great Britain, e estudou Inglês na Universidade de Cambridge.

Depois de sair da universidade, Whittel foi escritor-residente na Nottingham Playhouse (1977). A peça Darwin in Malibu, pela qual é melhor conhecido, estreou no Birmingham Repertory Theatreem 2003 numa produção encenada por John Dove. Foi posteriormente produzida no Hampstead Theatre em Londres.

Escreveu o argumento de Happy Birthday, um filme dirigido por Helen Mirren para a Showtime.

A sua peça Happy Valley estreou no Liverpool Everyman Theatre em 1997 numa produção encenada pelo próprio.

Clever Dick, uma farsa sobre o físico americano Richard Feynman e o Projecto Manhattan, foi produzido com encenação de Whittel no Hampstead Theatre em 2006.

A pedido de Roger Rees, escreveu Villa America sobre o casal de socialites americanos Gerald e Sara Murphy e a relação deles com Pablo Picasso, F. Scott Fitzgerald e Ernest Hemingway. Villa America estreou no Williamstown Theatre Festival em 2007, também encenado por Whittel.

Whittel é também o tradutor da peça La Estupidez (Stupidity) de Rafael Spregelburd. Stupidityfoi desenvolvido no National Theatre Studio como parte do projecto Channels. A estreia em inglês foi encenada por Richard Wolfe para o Theatre Conspiracy, em Vancouver, em 2007.

Whittel também escreveu Killing Him (Pleasance Edimburgh), Party Tricks (Nottingham Playhouse), e a curta-metragem Hot-Dogs, além de ter feito realização para a BBC e para o Channel 4.

Em 2010 recebeu uma comissão para escrever uma nova versão de A Christmas Carol para o Guthrie Theater em Minneapolis. Estreou em Novembro de 2010 e tem sido remontado todos os anos desde então.

The Primrose Path – a adaptação de Whittel do romance de Turgeniev Home of the Gentry – estreou no Guthrie Theater em Maio de 2013, e em Abril do mesmo ano encenou a estreia mundial de The Purple Lights of Joppa Illinois de Adam Rapp no South Coast Repertory Theatre.

Menu Icon