Search Icon
Marionet Logo
Menu Icon
Peça de Teatro

The Tragedy of Edward Teller

Partilhar
test
TÍTULO
The Tragedy of Edward Teller
AUTORES(AS)

István Hargittai

SINOPSE

O impulso principal desta peça é que Edward Teller tentou salvar o mundo e é bem possível que o tenha salvo. Ele convenceu os Estados Unidos a construir a bomba de hidrogénio para servir como dissuasor contra a bomba de hidrogénio dos Sovietes. No processo, contudo, ele é visto como um vendedor de guerras mais do que um salvador por partes do público e pela maioria dos seus pares científicos.

Teller ter ou não salvo o mundo não pode ser decidido por métodos científicos. Contudo, a Terceira Guerra Mundial não eclodiu e a Guerra Fria foi ganha pelo mundo livre. Prova teria sido se ele tivesse falhado em convencer os Estados Unidos a avançar com a bomba de hidrogénio, e a União Soviética – enquanto única possuidora de armas termonucleares – tivesse ganho domínio do mundo. Há assim uma ambiguidade e Teller morreu sabendo que podia ter salvo o mundo, mas poucas outras pessoas haveria que lhe dessem crédito por tal empreendimento.

Construir um dissuasor e forçar os Sovietes a entrar numa corrida às armas que eles não tinham como pagar pode ser o verdadeiro legado de Teller. Contudo, ele tem sido acusado de ser impelido por um anticomunismo obsessivo, de ter destruído o popular Robert Oppenheimer, de ter procurado poder ao invés de uma carreira científica para a qual estava eminentemente qualificado, e de ao virtualmente forçar os Estados Unidos a criar o SDI (Strategic Defense Initiative) quase os ter levado à falência.

DISPONIBILIDADE
Disponível
ANO
2005
ISBN
963-508-484-6
TIPOLOGIA
Peça de Teatro
EDITORA
Hungarian Academy of Sciences
biografia

Istvan Hargittai

István Hargittai é químico e professor emérito (no activo) na Universidade de Tecnologia e Economia de Budapeste. É membro da Academia Húngara das Ciências e da Academia Europaea (Londres), e um membro estrangeiro da Academia Norueguesa de Ciências e Letras (Oslo). É doutorado (PhD e DSc) e recebeu doutoramentos honorários da Universidade Estatal de Moscovo Lomonosov, da Universidade da Carolina do Norte e da Academia Russa das Ciências. Foi editor-em-chefe fundador do periódico internacional Structural Chemistry (Springer Nature) desde 1989. Publicou mais de três centenas de recensões e artigos de investigação, e tem publicadas centenas de outros artigos, em particular, sobre disseminação e popularização da ciência. Enquanto autor tem editados mais de cinquenta livros sobre química estrutural, história da ciência, a natureza da descoberta científica, memoriais de cientistas, conversas com cientistas famosos, entre outros tópicos.

Os seus livros estão traduzidos para Inglês, Húngaro, Russo, Alemão, Sueco, Italiano, Japonês, Chinês e Farsi.

Mais Informação: istvan.hargittai.comphysicstoday.scitation.orgwww.ae-info.org e www.researchgate.net

Menu Icon