Search Icon
Marionet Logo
Menu Icon
Peça de Teatro

The Virtuoso

Partilhar
test
TÍTULO
The Virtuoso
AUTORES(AS)

Thomas Shadwell

SINOPSE

Publicado pela primeira vez em 1676, O Virtuoso estabeleceu um padrão para a sátira teatral. Foi o tratamento dramático mais extenso da ciência moderna desde O Alquimista, de Jonson, e teve como alvo nada menos que a Royal Society de Londres. As farpas de Shadwell atingem o seus alvos com frequência e de forma limpa. Em 1689 tornou-se Poet Laureate of England,, cargo que ocupou até sua morte em 1692.

O virtuoso do título é Sir Nicholas Gimcrack, que, como muitos depois dele, confunde a extensão de uma colecção com a profundidade de uma ciência. Sir Gimcrack é fascinado pela geografia da lua, os mundos no seu microscópio e as possibilidades do voo humano.

A peça também apresenta Sir Formal Trifle, um arrogante e tonto orador ciceroniano. Estabelece a partir daí a personagem-tipo do fanfarrão sabe-tudo. Famoso pela sua esperteza e mudanças de alta velocidade, o Virtuoso é também uma demonstração do prestígio da ciência moderna.

DISPONIBILIDADE
Disponível
ANO
1676
ISBN
978-0-8032-5368-0
TIPOLOGIA
Peça de Teatro
EDITORA
Regents Restoration Drama
biografia

Thomas Shadwell, (nascido em 1642?, Norfolk, Inglaterra – falecido em 19 de novembro de 1692, Londres), dramaturgo e poeta inglês, conhecido pelas suas comédias de boas maneiras e como alvo da sátira de John Dryden.

Shadwell tornou-se um dos sábios da corte e um conhecido de Sir Robert Howard e seu irmão, Edward. Ele satirizou os dois Howards em The Sullen Lovers (1668), uma adaptação de Les Fâcheux de Molière.

Shadwell escreveu 18 peças, uma ópera, The Enchanted Island (1674; adaptado de The Tempest de Shakespeare), uma tragédia, Psyche (1674–75), e uma tragédia de versos em branco, The Libertine (1675). Ele traduziu O Décimo Sátiro de Juvenal (1687) e compôs ataques amargos a John Dryden.

Menu Icon